Ícone Marca
Marca
  85 3086-0692    85 99846-2003          



Artigo

Prótese dentária em zircônia traz durabilidade e estética marcante


Conheça as indicações, vantagens e limitações do tratamento com prótese dentária em zircônia para situações que exigem elevadíssimo apuro estético e muita durabilidade nos procedimentos com porcelanas odontológicas.
  07/01/2019
  03:29
  Atualizado em 01/02/2019 07:24

Prótese dentária fixa em zircônia, versatilidade e estética marcante nos tratamentos em porcelana sem metal.

O tratamento com prótese dentária fixa em porcelana é um acontecimento inevitável na vida de muitos indivíduos – e motivo para confusões e contra-tempos. E é já na primeira consulta que decisões baseadas em escolhas técnicas precisam ser feitas. Porcelana, cerâmica, próteses com ou sem metal, prótese dentária com zircônia e porcelana pura. Um novo universo com informações que farão muita diferença no resultado final do tratamento.

Apesar da urgência na escolha do tratamento, é fácil entender sobre o que está falando o seu dentista. Basicamente, a prótese dentária fixa em porcelana (cerâmica) é dividida em dois tipos: com ou sem metal presente na parte em contato direto com o dente – e que não é visível a olho nu. A versão em metal (prótese dentária fixa metalocerâmica) é a mais antiga e ainda mais utilizada nos tratamento para recuperar dentes destruídos ou áreas com muitos dentes perdidos (extraídos).

Já a técnica com prótese dentária fixa sem metal possui variações técnicas, sendo a prótese dentária com zircônia e a coroa protética com porcelana pura as duas versões mais atuais, cuja qualidade estética, de durabilidade e compatibilidade com gengivas superam quaisquer dispositivos protéticos disponíveis.

Entre as versões sem metal, é a prótese dentária fixa em zircônia e porcelana a indicação mais versátil para tratamentos que exigem resultados estéticos marcantes e muita durabilidade. É por isso que a técnica em zircônia é a técnica atual mais badalada entre dentistas, e que a cada dia traz novas possibilidades de utilização para casos em que nenhum outro tipo de prótese dentária com porcelana é capaz de resolver.

Indicações para todo tipo de desafio estético e funcional com próteses dentárias.

Por vezes, o tratamento dentário com prótese dentária fixa em porcelana exige que o dispositivo apresente, ao mesmo tempo, alta resolutividade estética e resistência para recuperar áreas com muitos dentes perdidos. E aí que entra a prótese dentária em zircônia, largando na frente de qualquer outro tipo de técnica com próteses com porcelanas. E as vantagens da técnica com zircônia não ficam só nisso. A prótese dentária em zircônia também é indicada para as seguintes situações:

 - tratamento com próteses dentárias sobre dentes escurecidos e manchados ou com pinos protéticos metálicos;

- reabilitação estética e funcional de arcadas dentárias com muitos dentes ausentes;

- alternativa ao tratamento com implantes dentários em áreas com pouca espessura óssea;

- tratamentos em porcelana com próteses sobre implantes para indivíduos totalmente desdentados (prótese tipo protocolo);

- pacientes alérgicos ao metal de próteses dentárias metalocerâmicas;

- indivíduos com gengivas finas e delicadas que não pode entrar em contato com bordas de próteses dentárias;

- tratamentos odontológicos com próteses para indivíduos com grande exigência estética e muitos dentes ausentes.

 

Vantagens da técnica em zircônia para pacientes com alta exigência estética.

A prótese dentária com zircônia não inviabilizou por completo a alternativa mais em conta com metal. Na verdade, a maioria dos tratamentos odontológicos com dispositivos protéticos ainda é realizado com próteses dentárias metalocerâmicas. E o principal motivo para isso ainda é o preço. Entretanto, as diferenças técnicas entre os dois tipos de próteses são colossais. Veja algumas das vantagens na escolha por tratamentos com próteses em zircônia e porcelana:

 

- maior translucidez e capacidade para imitar as cores de dentes naturais;

- bordas mais finas e compatíveis com a anatomia das gengivas e raízes dentárias;

- maior durabilidade;

- ausência de alergias inflamatórias em gengivas;

- não precisam ser substituídas devido à retração gengival no dente que suporta a prótese;

- possibilidade para substituir próteses antigas com metal em áreas com grandes ausências dentárias;

- risco reduzido à infiltração por cáries dentárias.

 

Preço mais elevado: a desvantagem óbvia do tratamento com próteses em zircônia.

O custo mais elevado do tratamento com prótese dentária em zircônia e porcelana é único ponto desfavorável da técnica frente à alternativa com metal (metalocerâmica). O preço para a técnica com zircônia, em média, é 20 a 50% maior comparado à versão com metal. Colocando tudo no papel e levando em consideração a maior durabilidade e qualidade estética da prótese em zircônia,verifica-se que a excelente relação entre custo e benefício faz da técnica com zircônia a melhor escolha para qualquer situação.

 

Outro ponto positivo para a prótese dentária em zircônia é que ela dispensa o uso de implantes dentários em várias situações. Um bom exemplo disso são arcadas dentárias que apresentam dois ou 3 dentes ausentes, um ao lado do outro. É que devido à alta resistência e excelente adaptação, é possível apoiá-la sobre dentes naturais para tratamentos muito duráveis e estético. O que dispensa as cirurgias e o tempo de tratamento prolongado na técnica com implantes dentários.

Prótese dentária em porcelana pura versus zircônia. Qual a melhor técnica para tratamentos mais harmônicos e saudáveis?

A diferença no tipo de cerâmica (porcelana) e resistência aos impactos da mastigação é o que diferencia a prótese dentária em porcelana pura da técnica com porcelana. Enquanto a versão com zircônia pode ser utilizada para áreas com várias ausências dentárias, a versão com porcelana pura, embora mais estética, só pode ser utilizada na forma individualizada, ou seja, cada dente pode suportar uma única coroa protética em porcelana pura – caso contrário, ela fratura.

Para ter uma ideia do elevadíssimo potencial estético da prótese dentária em porcelana pura, basta verificar que a porcelana utilizada na sua composição é exatamente a mesma utilizada nos tratamentos com facetas laminadas e lentes de contato dental – técnicas utilizadas nos tratamentos de transformação do sorriso em artistas e modelos fotográficos. A verdadeira quintessência em estética odontológica com porcelanas.

 

A prótese dentária em zircônia é uma alternativa ao tratamento com implantes dentários?

Tratamentos com implantes dentários são utilizados para repor dentes perdidos – ou que estão tecnicamente contra-indicados para tratamentos com restaurações, tratamentos de canal (endodôntico) ou próteses dentárias fixas. Apesar de ser uma alternativa eficiente para o propósito, limitações como osso com altura e espessura insuficientes e tempo e custos mais elevados do tratamento podem ser problemas para muitos indivíduos. É exatamente aí que entra a prótese dentária com zircônia.

A prótese dentária com zircônia é, para muitas situações, uma alternativa eficiente, mais rápida e com menores custos do que o tratamento com implantes dentários ósseointegrados. E isso não se deve apenas ao elevado resultado estético da técnica com zircônia. É a alta durabilidade e precisão de adaptação ao dentes naturais os motivos que faz da prótese fixa em com porcelana sobre zircônia uma alternativa interessante à técnica sobre implantes dentários.

 

Técnica é ideal para pacientes com retração gengival.

A retração gengival é um problema que acomete mais de 30% dos indivíduos acima dos 40 anos de idade. Expondo prematuramente as raízes dentárias, a recessão das gengivas já é um dos principais motivos para consultas odontológicas – e nos pacientes com próteses dentárias fixas, a técnica com zircônia ou porcelana pura são ideais para evitar a evidenciação das bordas protéticas.

A técnica para prevenir complicações com gengivas retraídas associada a próteses dentárias exige bordas protéticas finas e delicadas exatamente na mesma cor do dente. Outro fator que também previne recessões gengivais é evitar introduzir internamente às gengivas é evitar introduzir muito internamente a estes tecidos os limites do dispositivos protéticos – uma procedimento bastante utilizado para melhorar os resultados estéticos.

Algumas dicas para resultados mais estéticos e duráveis no tratamento com prótese dentária fixa em porcelana.

Escolher a melhor técnica e material no tratamento com próteses dentárias em porcelana não deveria competir a pacientes. Entretanto, questões como preço e exigência estética pessoal exigem a participar deles. E encaixar o preço do tratamento no orçamento pode ser uma complicação a mais. Mas algumas dicas simples podem ajudar na tomada de decisão quando harmonia, delicadeza, durabilidade e custos baixos contam na busca pelo melhor sorriso.

 

- dê preferência para a prótese dentária em porcelana pura para dentes anteriores;

- em dentes anteriores, utilize a técnica com zircônia quando pinos metálicos e substratos dentários serão suporte para próteses dentárias;

- substitua, sempre que possível, pinos metálicos por pinos estéticos em fibra de vidro ou até mesmo em zircônia – isso possibilita o uso de coroas protéticas com porcelana pura;

- priorize a técnica com zircônia para próteses dentárias sobre implantes; quando unitárias, pode-se utilizar até mesmo a versão com porcelana pura;

- coroas dentárias em porcelana pura combinam melhor que a zircônia em tratamento com facetas laminadas e lentes de contato dental – tente sempre essa combinação!;

- recupere a ausência de até 3 dentes contíguos com próteses dentárias em zircônia, sem uso de implantes dentários ósseo-integrados, quando as complicações para enxertos ósseos forem evidentes;

- fique atento ao fato de que dificilmente a diferença no preço do tratamento entre a prótese metalocerâmica e a técnica com zircônia faz valer a opção pela primeira opção (porcelana sobre metal).

   

Tendências e novas tecnologias no tratamento com próteses dentárias em porcelana.

A introdução da prótese dentária fixa sem metal trouxe novas perspectivas para o tratamento com porcelanas em procedimentos com alta exigência estética. Na esteira desses novos materiais vieram as facetas laminadas e lentes de contato dental. Um novo panorama e alternativas para tratamentos estéticos radicais de transformação do sorriso.

Entenda que a prótese dentária com zircônia e a técnica com porcelana pura são tratamentos complementares. Embora os resultados estéticos dos tratamentos com coroas em porcelana pura sejam mais delicados e deslumbrantes, a técnica com zircônia é suficiente para satisfazer até mesmo aos pacientes mais exigentes com a harmonia e beleza do seu sorriso. Além disso, o uso concomitante da técnica com zircônia e porcelana pura pode ser imprescindível para tratamentos mais elaborados.

A confecção de próteses dentárias unitárias em camada única, com escaneamento e fresagem computadorizada, é uma opção rápida com porcelana pura quando o tempo é um fator importante. Apesar das limitações estéticas e de indicação, reduzir o tempo de tratamento com prótese dentária fixa de 7 a 14 dias para apenas 2 horas é, sim, um alternativa pra lá de interessante.

O importante mesmo é conhecer um pouco das vantagens e limitações de cada técnica, e aproveitar a ampla gama de materiais disponíveis para tratamentos mais estéticos e deslumbrantes.

 

Fonte/Autor: por Luís Gustavo Morato Leite.


Endereço   (ver mapa)Avenida Senador Virgílio Távora, 1500 - Sala 206
Ed. The One Tower - Aldeota
Fortaleza/CE - CEP 60150-150
Telefone  85 3086.0692
Redes sociais


© 2019 Delano Maia Odontologia - A maior expressão da sua felicidade
Delano Maia Odontologia
Inatto
1858